Seja BEM-VINDO ao blogue da Espaço e Memória - Associação Cultural de Oeiras.
Aqui encontrará informação regular e atempada sobre as actividades e eventos, realizados e a realizar, da nossa/sua Associação, assim como outros eventos relacionados com Oeiras, a sua história, o seu património, a sua herança cultural, e a sua envolvente. Neste último sentido, referimos também eventos culturais realizados por outras entidades e instituições noutras localidades.
Contamos com a sua presença regular neste espaço. Contamos CONSIGO!
VOLTE SEMPRE!

sábado, 20 de agosto de 2011

Cultura do Alentejo deixou morrer projecto com 878 mil euros comunitários



o Alentejo em ruínas

uma das mais emblemáticas modas do cante alentejano
- género musical característico do Baixo Alentejo -
aqui cantada pelos Ceifeiros de Cuba, na Taberna do Lucas, em Cuba, Alentejo

Cultura do Alentejo deixou morrer
projecto com 878 mil euros comunitários
[ cultura / política ]
Alentejo

- - - - -

Cultura do Alentejo deixou morrer projecto com 878 mil euros comunitários
A Direcção Regional de Cultura do Alentejo abandonou, no ano passado, um projecto de salvaguarda do património imaterial e oral que foi considerado de “grande relevância” pelo Instituto dos Museus e da Conservação e que tinha um financiamento europeu de 878 mil euros praticamente garantido. A decisão, que nunca foi assumida publicamente nem tem qualquer despacho a formalizá-la e a justificá-la, foi tomada nos primeiros dias de 2010 pela actual directora regional, Aurora Carapinha, pouco depois da sua nomeação.
O projecto, conhecido pelo nome de Identidades, prendia-se com a inventariação, valorização, promoção, divulgação e transmissão de saberes e tradições relacionados com o cante alentejano, as artes do espectáculo, as práticas alimentares e outros aspectos marcantes da identidade alentejana. Concebido pela Direcção Regional de Cultura do Alentejo (DRCA), em articulação com muitas autarquias e outras entidades, foi objecto de uma candidatura ao Programa Operacional do Alentejo (Inalentejo), financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (Feder), em Junho de 2009. A proposta contemplava um investimento total de 1.254.480 euros, em 2010 e 2011, dos quais cerca de 878 mil seriam pagos pelo Feder e 376 mil pelo Orçamento do Estado. (…)
Ver texto completo em:
http://www.publico.pt/Local/cultura-do-alentejo-deixou-morrer-projecto-com-878-mil-euros-comunitarios_1507636?all=1
Fonte: Público, 14.08.2011

notícia aqui


- - - - -

fotografia de abertura do sítio internet Alentejo Abandonado a quem agradecemos.
vídeo de abertura do sítio internet YouTube - canal de memoriamedia a quem agradecemos.

2 comentários:

Rogério Pereira disse...

Não tenho ideias definitivas
Nem sequer expectativas
Mas me surpreendeu
pela positiva
esta noticia...
Claro que não pelo seu teor. Mas por ser noticia e, assim, ser mais que o anúncio do que vai acontecer... mais que divulgar agenda, a net deve servir a quem não tem portunidade de ir...
Faço-me compreender?

José António Baptista disse...

Olá Rogério,

Claro que sim. Compreendo perfeitamente.

Desde o seu início que tem estado no projecto deste blog ser não só informativo de eventos, mas ter também uma componente noticiosa, nomeadamente de reportagem. Assim como também documental.

Infelizmente factores como a falta de tempo, a falta de meios humanos e técnicos, entre outros, não têm possibilitado cumprir completamente esse objectivo. Salvam-se algumas excepções pontuais.

Espero que com novos colaboradores as coisas possam melhorar neste plano.

Abraço.