Seja BEM-VINDO ao blogue da Espaço e Memória - Associação Cultural de Oeiras.
Aqui encontrará informação regular e atempada sobre as actividades e eventos, realizados e a realizar, da nossa/sua Associação, assim como outros eventos relacionados com Oeiras, a sua história, o seu património, a sua herança cultural, e a sua envolvente. Neste último sentido, referimos também eventos culturais realizados por outras entidades e instituições noutras localidades.
Contamos com a sua presença regular neste espaço. Contamos CONSIGO!
VOLTE SEMPRE!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Lídia Jorge no Café com Letras



Lídia Jorge no Café com Letras
[ debate ]
23 Novembro 2010, 21h30
Biblioteca Municipal de Oeiras

Café com letras
Lídia Jorge


23.Novembro - 21h30
Biblioteca Municipal de Oeiras
Na última sessão deste ano, o Café com Letras irá receber na Biblioteca Municipal de Oeiras a voz e o olhar da escritora Lídia Jorge, um mês após a estreia no Teatro da Trindade da peça O Dia dos Prodígios, uma adaptação do seu primeiro romance, publicado em 1980. Por esta altura assinalam-se os 30 anos da estreia literária de Lídia Jorge, através da nova edição deste romance, disponível nas livrarias, justamente, neste mês de Novembro. Lídia Jorge nasceu em Boliqueime, no Algarve.

Licenciou-se em Filologia Românica pela Universidade de Lisboa, tendo sido professora do Ensino Secundário. Foi nessa condição que passou alguns anos decisivos em Angola e Moçambique, durante o último período da Guerra Colonial. A publicação do seu primeiro romance, O Dia dos Prodígios (1980) constituiu um acontecimento num período em que se inaugurava uma nova fase da Literatura Portuguesa. Seguiram-se os romances O Cais das Merendas (1982) e Notícia da Cidade Silvestre (1984), ambos distinguidos com o Prémio Literário Cidade de Lisboa. Mas foi com A Costa dos Murmúrios (1998), livro que reflecte a experiência colonial passada em África, que a autora confirmou o seu destacado lugar no panorama das Letras Portuguesas. Entre outros romances, conta-se O Vale da Paixão (1998) galardoado com o Prémio Dom Dinis da Fundação da Casa de Mateus, o Prémio Bordallo de Literatura da Casa da Imprensa, o Prémio Máxima de Literatura, o Prémio de Ficção do P.E.N Clube e em 2000 o Prémio Jean Monet da Literatura Europeia, Escritor Europeu do Ano. Seguir-se-ia O Vento Assobiando nas Gruas (2002), romance que mereceu o Grande Prémio da Associação Portuguesa de Escritores e o Prémio Correntes D’ Escritas.

A sua obra, rica e diversificada, tem suscitado o interesse dos encenadores e cineastas portugueses, de que é exemplo a adaptação, em 1997, do texto A Maçon pelo Teatro Nacional D. Maria II e, posteriormente, em 2004, a adaptação ao cinema do célebre romance A Costa dos Murmúrios por Margarida Cardoso.

Os romances de Lídia Jorge encontram-se traduzidos em diversas línguas. Um dos seus galardões mais internacionais é, justamente, a distinção com o Prémio Internacional de Literatura da Fundação Günter Grass, atribuído pelo conjunto da sua obra.


Uma noite a não perder onde terá a oportunidade de ouvir e dialogar com a mulher e a escritora.
Contactos:
Tel. 21.440.63.36



- - - - -


A escritora Lídia Jorge é a convidada da próxima sessão do «Café com Letras», que vai decorrer dia 23 de Novembro, às 21:30, na Biblioteca Municipal de Oeiras.
Contando diversos textos publicados numa carreira que já conta 30 anos, Lídia Jorge já foi galardoada com o Prémio Internacional de Literatura da Fundação Günter Grass, atribuído pelo conjunto da sua obra.



Biblioteca Municipal de Oeiras

Av. Doutor Francisco de Sá Carneiro, 17

Urbanização Moinho das Antas

2780 Oeiras

t. 21 440 63 34/35

f. 21 440 82 85


fotografia de abertura do sítio internet Algarve Press a quem agradecemos.
fotografia da Biblioteca © josé antónio • comunicação visual, reprodução proibida.

2 comentários:

Rogério Pereira disse...

Divullguei no meu blogue

José António Baptista disse...

Olá Rogério,

Boa ideia.
Fui lá ver mas não encontrei o post.

Grato pela visita.

Abraço
José António Baptista